FBI investigará pagamento feito pela Olympus; ações caem 10,7%

segunda-feira, 24 de outubro de 2011 09:27 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - O FBI está investigando o pagamento de altas comissões a consultores pela Olympus, segundo informações da imprensa, em meio ao escândalo que já custou mais da metade do valor de mercado da fabricante japonesa de equipamentos de precisão e câmeras.

O britânico Michael Woodford disse que foi demitido do cargo de presidente-executivo por ter questionado o pagamento de 687 milhões de dólares a consultores na compra por 2,2 bilhões de dólares da produtora de equipamentos médicos Gyrus, em 2008.

Na semana passada, a companhia japonesa anunciou que formará um painel independente para auditar os negócios realizados .

Segundo o The New York Times, o FBI decidiu investigar o escândalo envolvendo a Olympus. O jornal citou duas pessoas apontadas no caso, mas disse que o foco exato da investigação ainda não está claro.

As ações da Olympus fecharam em queda de 10,7 por cento nesta segunda-feira, chegando a atingir a menor cotação desde 1998.

A Bolsa de Tóquio informou nesta segunda-feira que pediu à Olympus que desse mais informações sobre o pagamento e que acompanhará de perto qualquer investigação sobre o caso.

(Por Antoni Slodkowski)