RIM sofre processos de consumidores por problemas com BlackBerry

quinta-feira, 27 de outubro de 2011 12:45 BRST
 

Por Moira Herbst

(Reuters) - Consumidores nos Estados Unidos e no Canadá abriram processos contra a Research in Motion por uma paralisação que se prolongou por dias nos serviços dos aparelhos BlackBerry, em um problema de escala global ocorrido no começo do mês.

A queda geral do sistema deixou milhões de usuários do BlackBerry frustrados e desprovidos de acesso a e-mails, mensagens instantâneas e navegação online, em cinco continentes.

Os co-presidentes executivos da RIM pediram desculpas aos milhões de usuários do BlackBerry pela paralisação de quatro dias que maculou a imagem da empresa e retardou seus esforços para recuperar o terreno perdido para a Apple e outros rivais no ramo de smartphones.

O processo nos Estados Unidos, protocolado em um tribunal federal de Santa Ana, Estado da Califórnia, foi apresentado em nome de todos os proprietários de BlackBerry com contratos ativos de e-mail, Internet e mensagens que tenham sofrido interrupções de serviço.

Nele, a RIM é acusada de violação de contrato, negligência e enriquecimento indevido.

O processo canadense, aberto na quarta-feira junto ao tribunal superior de Quebec, representa os proprietários canadenses de BlackBerry que tinham contratos ativos no momento da paralisação.

A petição alega que a RIM não restituiu os prejuízos que os usuários sofreram com a paralisação dos serviços e que "precisa assumir plena responsabilidade por esses danos".

Mensagens encaminhadas à RIM solicitando comentários não foram respondidas imediatamente.   Continuação...