TIM está no caminho para cumprir metas--presidente

terça-feira, 1 de novembro de 2011 14:43 BRST
 

Por Sérgio Spagnuolo

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A TIM Participações deve cumprir todas as suas metas estabelecidas no último ano, inclusive a de alcançar um Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação, na sigla em inglês) de 4,5 bilhões de reais em 2011, disse nesta terça-feira o presidente da companhia, Luca Luciani.

Para isso, a companhia manteve suas previsões de investir 8,5 bilhões de reais até 2013 --até agora já foram aplicados 1,9 bilhão de reais-- e não se desviará do foco da rentabilidade e obtenção de novos clientes, mesmo com o aumento da competitividade na telefonia móvel.

"Vamos para a frente no quarto trimestre, vamos com a confiança de ter um percurso de sustentabilidade", disse Luciani a jornalistas em teleconferência.

Em julho, a TIM superou a Claro --do grupo mexicano Telmex, do empresário Carlos Slim-- em número de acessos móveis pela primeira vez desde 2008 e tornou-se a segunda colocada do mercado.

Apesar de o foco na rentabilidade ser considerado por analistas mais importante do que apenas a participação de mercado, a TIM deve ficar atenta para uma possível aproximação à líder do mercado, a Vivo, do grupo Telefônica Brasil.

"Estamos aumentando distância em relação à Claro e reduzindo em relação à Vivo", disse o diretor comercial da TIM, Lorenzo Lindner.

"A competição só faz acelerar a transformação do mercado de rede fixa para rede móvel", afirmou o executivo da TIM.

Controlada pelo grupo italiano Telecom Italia, a companhia vê ainda uma "canibalização" dos serviços de voz pela oferta de dados. "A nova forma de comunicar via dados é mais rápida, mais eficiente".   Continuação...