Huawei quer aquisição ou alianças na área de computação em nuvem

terça-feira, 1 de novembro de 2011 15:04 BRST
 

SHENZHEN (Reuters) - A Huawei, segunda maior fabricante de equipamentos de rede do mundo, está aberta a adquirir ou entrar em sociedade com companhias com experiência na produção de software para computação em nuvem.

Companhias de tecnologia como Cisco e Oracle têm comprado empresas para aumentar a capacidade delas no segmento de computação em nuvem.

"A Huawei é uma companhia privada, então nossas aquisições não terão grandes valores como as de outras companhias listadas", disse à Reuters o vice-presidente de tecnologia Li Sanqi, nos bastidores de um evento da companhia.

"Acho que faremos aquisições nas áreas de computação em nuvem e tecnologia da informação e comunicação (TIC). Estamos pesquisando e seremos cautelosos nos Estados Unidos por motivos políticos", disse ele em Shenzhen, no Sul da China, onde fica a sede da Huawei.

O segmento de computação em nuvem, que permite ao usuário fazer download de jogos, músicas, documentos e outros arquivos de grandes bancos de dados online para dispositivos portáteis, deve alcançar 3,2 bilhões de dólares neste ano somente na Ásia, contra 1,87 bilhão de dólares no ano passado, segundo a consultoria IDC, que estima 55 bilhões de dólares para 2014.

(Por Chris Lewis)