Ex-CEO da Olympus encontrará membro de painel de investigação

segunda-feira, 7 de novembro de 2011 07:56 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - O ex-presidente-executivo da Olympus Michael Woodford disse que na próxima semana se encontrará em Londres com um membro do painel independente que investiga as aquisições feitas no passado pela fabricante.

"Eu me encontrarei com Katayama em Londres", afirmou Woodford em e-mail à Reuters.

Eiji Katayama é advogado e um dos seis membros da comissão liderada pelo ex-juiz da Suprema Corte japonesa Tatsuo Kainaka que a Olympus apontou para investigar o pagamento de uma taxa de consultoria de 687 milhões de dólares relacionada à compra, por 2,2 bilhões de dólares, da britânica Gyrus em 2008.

As comissões pagas a consultores de fusões e aquisições geralmente não passam de 2 por cento.

O painel também vai auditar três aquisições feitas no Japão.

Woodford disse à Reuters em entrevista na semana passada que gostaria de se encontrar com os auditores apontados para investigar o escândalo, mas achou que não seria seguro para ele viajar ao Japão.

As aquisições levantaram questionamentos sobre governança corporativa na Olympus, com um documento interno mostrando que a fabricante substituiu um auditor em 2009 depois de um desentendimento sobre como contabilizar as aquisições.

As ações da Olympus perderam mais da metade do valor desde que Woodfood foi demitido em 14 de outubro e veio a público mostrar suas preocupações com as compras da Olympus.

(Por Tim Kelly)