HP considera vender plataforma webOS, dizem fontes

terça-feira, 8 de novembro de 2011 08:45 BRST
 

Por Nadia Damouni e Poornima Gupta

NOVA YORK/SAN FRANCISCO (Reuters) - A Hewlett-Packard estuda vender a plataforma móvel de software webOS, desenvolvida originalmente pela Palm, em um acordo que pode gerar centenas de milhões de dólares, ainda assim ficando abaixo dos 1,2 bilhão de dólares pagos pelo programa no ano passado, informaram quatro fontes próximas do assunto.

A HP, que tem o Bank of America Merrill Lynch como consultor, está tentando descobrir como pode compensar seu investimento na Palm, visto por muitos analistas e investidores com uma custosa tentativa inicial de entrar no mercado de smartphones e que ainda não compensou.

Diversas companhias de tecnologia expressaram interesse em comprar a divisão, considerada atrativa pelas patentes que detém, disseram as fontes.

Amazon.com, Research In Motion, IBM, Oracle e Intel são companhias que devem se interessar pelo ativo, segundo fontes do setor.

O futuro da unidade, adquirida quando a HP comprou a Palm em 2010, estava em risco depois que a companhia decidiu encerrar a produção de seu tablet TouchPad, que utilizava o sistema operacional webOS, devido às fracas vendas do dispositivo.

Um porta-voz da HP disse que a companhia está "explorando maneiras de otimizar o software webOS", e não quis fazer mais comentários.

A HP ainda está analisando o futuro do programa operacional, incluindo a possibilidade de construir um novo tablet que utilize este software, disse a presidente-executiva da empresa, Meg Whitman, em uma entrevista recente.