Telefónica tem queda no lucro até setembro, mas mantém previsões

sexta-feira, 11 de novembro de 2011 12:43 BRST
 

MADRI (Reuters)- A espanhola Telefónica confirmou sua meta de ganhos para os acionistas nesta sexta-feira, após ter registrado uma queda maior do que a esperada nos lucros acumulados do ano, maior que a prevista, em meio ao que a companhia considera um cenário operacional "desafiador".

A companhia teve um lucro líquido de 2,73 bilhões de euros (3,7 bilhões de dólares), queda de 69 por cento, sobre alta de 5,4 por cento na receita, para 46,6 bilhões de euros, no intervalo de janeiro a setembro.

O lucro líquido ficou cerca de 300 milhões de euros abaixo da expectativa média do mercado.

Os resultados da operadora foram prejudicados por um gasto de 2,7 bilhões de euros para demitir 6,5 mil empregados na unidade espanhola diante da investida maior de outras companhias sobre os assinantes.

Em comunicado, a companhia atribuiu o resultado a um difícil ambiente regulatório e às desafiadoras condições de mercado na Europa, mas disse estar confiante de que a nova estrutura de negócios anunciada em setembro deve em breve produzir melhorias em sua eficiência.

(Por Elisabeth O'Leary)