Empresas de private equity se aproximam do Yahoo--fontes

sexta-feira, 11 de novembro de 2011 17:25 BRST
 

Por Nadia Damouni e Soyoung Kim

NOVA YORK (Reuters) - Empresas de private equity, incluindo a KKR e a TPG Capital , estão sondando uma possível compra de fatias minoritárias de até 20 por cento no Yahoo, de olho em uma aquisição total da empresa em algum momento, afirmaram fontes com conhecimento do assunto.

As companhias assinaram acordos de confidencialidade com o Yahoo e podem ter planos de deter uma participação na empresa da Internet, assim como seus co-fundadores Jerry Yang e David Filo, que juntos detém 9,5 por cento na companhia, segundo as fontes.

Adquirir uma fatia minoritária pode dar às empresas de private equity uma vantagem em obter o controle total, logo que o mercado de alavancagem financeira se abra, e também dá a elas uma potencial representação na diretoria do Yahoo, disseram as fontes.

Outro grupo de empresas, incluindo Blackstone, Providence Equity, Bain Capital e Hellman & Friedman não quiseram assinar acordos de confidencialidade, pois estes limitariam sua possibilidade de formar consórcios com parceiros estratégicos como a chinesa Alibaba e o japonês Softbank, afirmaram.

O Carlyle também não assinou o acordo, disseram fontes à Reuters na semana passada.

O Yahoo e as companhias de private equity se recusaram a comentar o tema.