Lenovo prevê manter margem mesmo com enchentes na Tailândia

segunda-feira, 14 de novembro de 2011 08:59 BRST
 

HONG KONG (Reuters) - A Lenovo, segunda maior fabricante de PCs do mundo, planeja manter a margem de lucro bruto nos próximos trimestres apesar de as enchentes na Tailândia terem prejudicado o fornecimento de discos rígidos, disse nesta segunda-feira o vice-presidente financeiro da companhia, Wong Wai Ming.

"Dissemos que seríamos capazes de entregar discos rígidos suficientes para atender à demanda dos clientes. Acho que ainda é o caso. Obviamente haverá algumas implicações no custo, especialmente na balança de oferta e demanda", disse Ming durante a Reuters China Investment Summit.

No segundo trimestre até setembro, a margem de lucro bruto da Lenovo era de 12,2 por cento, abaixo dos 12,5 por cento no primeiro trimestre mas acima dos 10,3 por cento um ano antes, segundo dados da companhia.

A companhia planeja aumentar a margem de lucro operacional dos atuais mais de 2 por cento.

"Acho que obviamente há espaço para aumentarmos para 3 por cento ou 4 por cento ao longo do tempo", afirmou ele, sem especificar um prazo.

(Por Lee Chyen Yee, Devidutta Tripathy e Huang Yuntao)