Facebook é invadido por pornografia e vídeos violentos

terça-feira, 15 de novembro de 2011 18:00 BRST
 

(Reuters) - O Facebook disse na terça-feira que estava investigando uma série de imagens chocantes não solicitadas que chegaram a alguns de seus usuários esta semana.

As imagens, com links de internet e vídeos mostrando pornografia e violência, entraram nos campos de notícias de algumas contas nos últimos dias.

"Tivemos um aumento nos relatos recentemente e estamos investigando e cuidando do assunto", disse o porta-voz do Facebook Andrew Noyes num comunicado enviado à Reuters por email.

"Proteger as pessoas que usam Facebook do spam e de conteúdo inapropriado é uma de nossas principais prioridades e estamos sempre trabalhando para melhorar nossos sistemas para isolar e remover material que viola nossos códigos", ele acrescentou.

Facebook e outros sites "web 2.0" são alvo fácil para tais ataques porque eles puxam conteúdo de fontes externas, de acordo com o especialista em segurança Paul Ferguson.

"Parece que a cada dia há uma nova "ameaça" no Facebook, mas esta é apenas a nova realidade da web 2.0 e das redes sociais", disse Ferguson. "É alvo fácil para criminosos".