Olympus processará executivos por escândalo contábil

quarta-feira, 16 de novembro de 2011 08:57 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - O presidente da Olympus disse aos funcionários do grupo que a companhia tomará medidas legais, inclusive na esfera criminal, contra qualquer executivo ou ex-empregado que uma investigação independente considerar culpado pelo escândalo que atingiu a empresa.

"Vamos esperar o painel independente se pronunciar e estamos nos preparando para tomar medidas legais severas, incluindo processos criminais, contra qualquer gerente que ele considerar culpado", afirmou o presidente Shuichi Takayama em email interno obtido pela Reuters.

Autoridades regulatórias, policiais e procuradores japoneses estão investigando a companhia de 92 anos em raro trabalho conjunto após a Olympus ter admitido na semana passada que escondeu perdas com investimentos por décadas usando fundos obtidos com operações de aquisição.