Ex-presidente da Olympus visita empresa após escândalo

terça-feira, 22 de novembro de 2011 18:38 BRST
 

Por Alexander Smith e Lisa Twaronite

TÓQUIO/LONDRES (Reuters) - O ex-presidente-executivo da japonesa Olympus Michael Woodford afirmou ter aceitado um convite para a reunião do Conselho de Administração da empresa nesta semana, que pode ser um bom sinal para investidores que querem seu retorno para liderar uma revitalização da empresa.

A ação da Olympus fechou em alta de quase 20 por cento com especulação de membros do mercado de que a companhia pode evitar ser tirada da bolsa de Tóquio, apesar de estar envolvida em um escândalo contábil.

A Olympus, fabricante de câmeras e equipamentos médicos, está sendo investigada por órgãos reguladores, procuradores e pela polícia. O escândalo estourou quando Woodford questionou publicamente as práticas contábeis da empresa, após ter sido demitido no mês passado.

"Fui convidado para o encontro do Conselho na sexta-feira pela Olympus e recebo bem a oportunidade de ir ao Japão", disse o britânico Woodford à Reuters em Londres antes de sua partida.

A viagem será sua primeira à sede da Olympus desde sua demissão em um encontro do Conselho apenas cinco semanas atrás.

Woodford foi citado por dois grandes acionistas estrangeiros como a melhor pessoa para liderar a revitalização da companhia, que perdeu cerca de 65 por cento de seu valor de mercado desde que ele tornou suas preocupações públicas.