James Murdoch deixa conselhos de jornais britânicos da News Corp

quarta-feira, 23 de novembro de 2011 13:46 BRST
 

LONDRES (Reuters) - James Murdoch renunciou aos conselhos das empresas que publicam seus jornais britânicos, incluindo o agora extinto News of the World, que esta no centro de um escândalo de escutas telefônicas.

O jornal "London Evening Standard" afirmou que Murdoch permanecerá no cargo de presidente na divisão News International, unidade do News Corp, e afirmou que isso não deveria ser interpretado como um sinal de que ele irá se afastar dessa parte dos negócios.

Representantes da News International não puderam ser contatados imediatamente para comentar o assunto.

A unidade tem sido prejudicada neste ano pela revelação de que pessoas a serviço do tablóide popular "Sunday" teriam grampeado os telefones de milhares de pessoas para obter notícias.

Documentos enviados a autoridades indicaram que Murdoch teria renunciado ao conselho do News Group Newspapers, que publica o tablóide "Sun" e do Times Newspapers Limited, que imprime o "Times" e o "Sunday Times".

Os documentos indicam que o executivo renunciou em setembro.