Ação da HTC desaba após alerta de receita no 4o tri

quinta-feira, 24 de novembro de 2011 09:06 BRST
 

TAIPEI (Reuters) - A taiwanesa HTC, quarta maior fabricante mundial de smartphones, alertou que pode não apurar crescimento de receita no atual trimestre, uma desaceleração brusca após o faturamento ter mais que dobrado no primeiro semestre, e um sinal adicional de que as rivais Apple e Samsung estão ganhando distância.

A HTC, avaliada em cerca de 16 bilhões de dólares, havia previsto que a receita para o quarto trimestre poderia crescer entre 20 e 30 por cento em relação a um ano antes. A surpreendente redução das estimativas levou as ações da empresa a tombarem 7 por cento nesta quinta-feira, para o nível mais baixo em aproximadamente 16 meses.

Analistas, vários dos quais rebaixaram os papéis e reduziram suas metas de preço para as ações, disseram que a HTC não teve tempo suficiente para lançar novos produtos para compensar a perda de participação de mercado nos Estados Unidos e Europa para Apple e Samsung.

As ações da companhia de Taiwan mais que triplicaram de valor nos 14 meses até abril, e as vendas cresceram quatro vezes em um ano e meio, com consumidores atraídos por seus aparelhos considerados inovadores.

A HTC tinha participação de mercado de 10,8 por cento no terceiro trimestre, de acordo com a empresa de pesquisas IDC, atrás dos 20 por cento da Samsung e dos 14,5 por cento da Apple. A Nokia ficou em terceiro lugar, com 14,2 por cento.

(Por Clare Jim)