28 de Novembro de 2011 / às 18:49 / 6 anos atrás

Amazon diz que vendas do Kindle disparam na "Black Friday"

Por Alistair Barr

(Reuters) - A Amazon.com disse nesta segunda-feira ter apurado uma nova onda de vendas de seus aparelhos Kindle, impulsionada pelo novo tablet Kindle Fire, no tradicional dia de compras "Black Friday", após o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos.

Consumidores compraram quatro vezes mais Kindles na "Black Friday" do que no mesmo dia do ano passado, quando a empresa vendia apenas leitores eletrônicos, afirmou a maior varejista de Internet.

O Fire, de 199 dólares, foi o produto com melhores vendas da Amazon.com na "Black Friday" e têm sido seu produto mais vendido nas oito semanas desde o seu lançamento, acrescentou a empresa.

"Vemos muitos clientes comprando vários Kindles -um para eles mesmos e outros para dar de presente- e esperamos que essa tendência continue na 'Cyber Monday' (data comemorativa de descontos na Internet) e durante a temporada de compras de fim de ano", disse Dave Limp, vice-presidente do Amazon Kindle.

Às 16h33 (no horário de Brasília), a ação da Amazon tinha valorização de 6,3 por cento, enquanto o Nasdaq avançava 3,5 por cento.

O novo Kindle Fire é um elemento fundamental do esforço da Amazon para vender mais produtos digitais como leitores eletrônicos, aplicativos, videogames, músicas e filmes. A companhia está comercializando o tablet em mais de 16 mil lojas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below