Portugal Telecom deve investir 150 mi de euros em leilão 4G

terça-feira, 29 de novembro de 2011 14:05 BRST
 

LISBOA (Reuters) - O Morgan Stanley previu que a Portugal Telecom e a subsidiária portuguesa da Vodafone investirão cada uma 150 milhões de euros no leilão de quarta geração móvel (4G) que começou na segunda-feira, enquanto o investimento da Sonaecom deverá chegar a 110 milhões de euros.

O banco frisou que o leilão deverá ser "pouco competitivo" porque não deve surgir um quarto operador de telefonia móvel, após a Zon Multimédia ter anunciado que não iria participar.

"Tendo como base o preço mínimo imposto pelo regulador (Anacom), acreditamos que tanto a Portugal Telecom como a Vodafone investirão cerca de 150 milhões de euros cada uma no leilão de espectro, enquanto a Sonaecom deverá investir 110 milhões de euros devido à menor participação de mercado e menores necessidades de espectro", afirmou o Morgan Stanley em relatório a clientes.

Quatro operadoras se apresentaram para participar do leilão: a TMN, da Portugal Telecom, a subsidiária portuguesa da Vodafone e a Optimus, da Sonaecom.

O governo português poderá arrecadar até 429 milhões de euros caso sejam licitadas todas as frequências no valor mínimo.

(Por Elisabete Tavares)