RIM demite funcionários após tumulto em voo da Air Canada

terça-feira, 6 de dezembro de 2011 08:40 BRST
 

(Reuters) - A Research in Motion demitiu dois funcionários que se comportaram violentamente e fizeram com que um voo da Air Canada que ia para a China na semana passada fosse desviado, informou a fabricante do BlackBerry.

George Campbell e Paul Wilson foram retirados do voo Toronto-Pequim pela polícia depois que o avião fez uma parada não programada em Vancouver.

Os homens se declararam culpados na acusação de mau comportamento em voo, receberam penas de prisão condicional e foram condenados a pagar 71.757 dólares canadenses de indenização à Air Canada, segundo a polícia.

"A RIM espera que seus empregados ajam de uma maneira que reflita nossos rigorosos princípios e padrões de comportamento empresarial", disse a companhia.

"A RIM não apoia comportamentos que entrem em conflito com a lei, e os empregados devem agir, em todos os momentos, com integridade e respeito. Os indivíduos envolvidos neste incidente não trabalham mais para a RIM."

A companhia não detalhou que cargos eles ocupavam.