6 de Dezembro de 2011 / às 17:54 / 6 anos atrás

Leilão de sobras da Anatel arrecada R$237,5 milhões

BRASÍLIA (Reuters) - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) arrecadou cerca de 237,5 milhões de reais com o leilão de sobras de frequência de terceira geração (3G) realizado nesta terça-feira. Houve pouca disputa pelos lotes e o ágio médio do leilão foi de 0,69 por cento.

Segundo a assessoria de imprensa da agência, dos 54 lotes ofertados, apenas 15 foram arrematados. A TIM levou 9 desses lotes e pagou cerca de 109,3 milhões de reais por eles.

A empresa adquiriu a exploração de novas faixas para atuar em municípios dos Estados do Acre, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Tocantins, Distrito Federal e Rio Grande do Sul (com exceção de Pelotas, Morro Redondo, Capão do Leão e Turuçu) e Espírito Santo.

A TIM também expandiu sua rede 3G para as faixas 1732,5 a 1735 MHz e 1827,5 a 1830 MHz em municípios do interior do Estado de São Paulo.

A Oi, por sua vez, ficou com quatro lotes e pagou um total de cerca de 110,6 milhões de reais para adquirir faixas que atendem a municípios do Acre, Rondônia, Tocantins, além das regiões Centro-Oeste e Sul,

A Claro arrematou um lote por 14,5 milhões de reais e a Sercomtel o lote restante, por 3,025 milhões de reais. A Claro adquiriu as faixas de 824 a 835 megahertz (MHz) e de 869 a 880 MHz nos Estados de Amazonas, Amapá, Pará, Maranhão e Roraima.

A Sercomtel, por sua vez, levou duas faixas adicionais para atender municípios do Paraná.

Por Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below