Telefônica Brasil opera frequência de 1,8Ghz em SP

terça-feira, 6 de dezembro de 2011 15:55 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Telefônica Brasil colocou em operação nesta terça-feira sua frequência de telefonia celular de 1,8 Ghz no Estado de São Paulo, o que permitirá que a companhia seja comercialmente mais agressiva.

"Uma vez que estamos agora com um volume de espectro que é igual ao de nossos concorrentes, nós podemos agora ter propostas comerciais mais agressivas, mantendo a qualidade", disse o presidente da Telefônica Brasil, Antonio Carlos Valente, em apresentação de retrospectiva sobre 2011.

O setor de telefonia móvel tem passado por um forte aumento na concorrência, em um momento no qual as operadoras lançam diversos pacotes promocionais.

As localidades liberadas para operação no Estado de São Paulo na frequência de 1,8 GHz são as que tem código de área (11), (12), (13) e (19). "Você tem uma rede com mais folga, mais disponibilidade", disse o diretor-geral da Telefônica Brasil, Paulo Cesar Teixeira.

A frequência já estava disponível em Estados do Norte e do Nordeste e também nos Estados do Rio de Janeiro, Paraná, Espírito Santo e Santa Catarina, segundo informações da operadora.

Teixeira comentou ainda que a Telefônica pretende expandir em 2012 suas promoções de telefonia fixa Vivo Box para outros Estados. A operadora já oferece o produto em Porto Alegre e Rio de Janeiro, e, até o fim do ano, cobrirá também Vitória e Belo Horizonte.

A oferta desse serviço em novas áreas depende de aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a empresa poder utilizar sua rede celular como fixa, disse Teixeira.

No balanço, executivos da Telefônica Brasil ressaltaram os investimentos feitos em 2011, de 6 bilhões de reais, e do montante planejado para 2011-2014, de 24,3 bilhões de reais, conforme anunciado em março pelo presidente mundial do grupo Telefónica, César Alierta.

(Por Sérgio Spagnuolo)