AT&T considera se e como vai revisar o negócio com a T-Mobile

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 18:20 BRST
 

12 DEZ (reuters) - A AT&T está considerando se irá ou não tentar revisar sua compra planejada da T-Mobile USA, o primeiro sinal de que a companhia poderá desistir da fusão de 39 bilhões de dólares.

Até agora, tanto a AT&T quanto a controladora da T-Mobile USA, a Deutsche Telekom, conversaram apenas sobre seus esforços para lutar pela aprovação regulatória para o negócio, o qual o Departamento de Justiça dos Estados Unidos processou, em agosto, com objetivo de bloquear por motivos antitruste.

O juiz que está cuidando do caso antitruste reconheceu um pedido da AT&T e do governo para adiar o processo até 18 de janeiro, enquanto a AT&T avalia todas as opções.

"Nós estamos ativamente considerando se e como revisar nossas transações atuais para alcançar as necessárias aprovações regulatórias", afirmou a AT&T em comunicado.

Em uma audiência na semana passada, a juíza distrital norte-americana Elle Huvelle questionou o desejo da AT&T por um julgamento rápido dada a sua decisão de retirar seu pedido de aprovação do acordo com o órgão regulador de telecomunicações dos Estados Unidos, a Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês).

O Departamento de Justiça e o FCC afirmaram que estavam preocupados sobre como o negócio teria impacto na competição de mercado de Internet sem fio nos Estados Unidos. A compra da T-Mobile USA, quarta operadora dos Estados Unidos, pela AT&T, levaria esta última empresa ao primeiro lugar no mercado dos Estados Unidos.

A AT&T anunciou os planos de comprar a companhia em março.

(Por Diane Bartz)