Apple abrirá centro de pesquisa em Israel, diz jornal

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011 09:31 BRST
 

JERUSALÉM (Reuters) - A Apple abrirá um centro de pesquisa e desenvolvimento em Israel que se focará em semicondutores, noticiou nesta quinta-feira o jornal de economia Globes.

A publicação de Israel disse que a Apple já contratou o veterano israelense da tecnologia Aharon Aharon para dirigir o centro.

Segundo o Globes, a Apple, apesar de ser líder mundial em inovação, investe pouco em pesquisa e desenvolvimento. A empresa norte-americana investiu 2,4 bilhões de dólares em 2010, apenas 2 por cento da receita e menos do que outras companhias de alta tecnologia, segundo a publicação.

O centro em Herzliya, a versão israelense do Vale do Silício, será o primeiro da Apple fora da Califórnia, afirmou o Globes. De acordo com a matéria, o vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento Ed Frank está atualmente visitando Israel.

Nesta semana a imprensa israelense tinha noticiado que a Apple estava em negociações avançadas para comprar a Anobit, fabricante local de armazenamento em flash, por entre 400 milhões a 500 milhões de dólares.

Procurada, a Apple não comentou o assunto.