Amazon lança plataforma de computação em nuvem no Brasil

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011 15:23 BRST
 

(Reuters) - A norte-americana Amazon.com, maior varejista da Internet do mundo, lançou nesta quinta-feira seu primeiro centro de processamento de dados na América do Sul, localizado em São Paulo, segundo comunicado.

Apesar de ser mais conhecida no mercado de comércio eletrônico, a Amazon vem investindo pesadamente no setor de computação em nuvem, que permite a outras empresas armazenar dados e aplicativos em seus servidores por meio da Amazon Web Services LLC (AWS). Com o data center em São Paulo, a Amazon criou uma nova região geográfica de atendimento da AWS - América do Sul.

A nova região permite que clientes sul-americanos operem seus aplicativos no Brasil, em vez de usar as plataformas de Estados Unidos, Europa e Ásia. "(Isso) reduz significativamente a latência para os usuários finais na América do Sul", afirmou o vice-presidente sênior da AWS, Andy Jassy, em comunicado.

A Amazon citou como clientes brasileiros do serviço de armazenamento de dados a companhia aérea Gol, o site de compras coletivas Peixe Urbano e o portal de notícias R7. A empresa também afirmou ter parceiros do setor tecnológico que hospedam ou hospedarão seus aplicativos na região da América do Sul da AWS para acesso de clientes via computação em nuvem, como Accenture, Deloitte, Oracle e Genexus.

Segundo a varejista, a plataforma está disponível para assinaturas a partir desta quinta-feira.

(Por Priscila Jordão)