AT&T desiste de oferta de US$39 bi pela T-Mobile USA

terça-feira, 20 de dezembro de 2011 08:39 BRST
 

(Reuters) - A AT&T desistiu de sua polêmica oferta de compra da unidade norte-americana de celular da alemã Deutsche Telekom, avaliada em 39 bilhões de dólares, atendendo à forte oposição regulatória e deixando ambas as empresas buscando alternativas.

A AT&T terá de encontrar outra maneira para resolver o problema de falta de frequência enquanto a Deutsche Telekom vai ter de voltar ao zero sobre o que vai fazer com a T-Mobile USA, unidade norte-americana em dificuldades de que está tentando desesperadamente se livrar.

A AT&T, que seria elevada ao primeiro lugar do mercado norte-americano se o acordo fosse bem-sucedido, estava tão certa de que receberia aprovação de autoridades de defesa da concorrência que tinha prometido um pacote à Deutsche Telekom que custaria à empresa 4 bilhões de dólares neste trimestre.

O presidente-executivo da AT&T, Randall Stephenson, chegou a promover o acordo na TV no mesmo dia em que o Departamento de Justiça dos EUA abriu processo para impedir a operação. De agosto até o final de novembro, muitos especialistas ficaram surpresos com o otimismo das empresas de que conseguiriam aval dos reguladores.

"Definitivamente, foi um erro de cálculo (da AT&T)", disse o analista Steve Clement, da Pacific Crest Securities.