Facebook vai melhorar privacidade após auditoria na Irlanda

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011 18:07 BRST
 

O Facebook concordou em melhorar a política de privacidade para centenas de milhões de usuários após uma investigação de três meses por autoridades irlandesas no escritório internacional da empresa norte-americana em Dublin.

O escritório da Irlanda é responsável por gerenciar todos os usuários do site fora dos Estados Unidos e do Canadá.

O comissário de proteção a dados da Irlanda afirmou nesta quarta-feira que o Facebook concordou em melhorar a proteção da privacidade de seus usuários dentro dos próximos seis meses, antes de uma nova análise formal em julho do ano que vem.

"Esse foi um compromisso desafiador tanto para o meu escritório quanto para o Facebook Irlanda", disse o comissário Billy Hawkes em comunicado.

"Após a auditoria, o FB-I (Facebook Ireland) concordou em fazer amplos avanços de 'melhores práticas' a serem implementados dentro dos próximos seis meses".

As mudanças incluem fornecer informações a usuários sobre como o Facebook e aplicativos de terceiros lidam com informações pessoais, deletar alguns detalhes mais prontamente e dar a usuários europeus um alerta claro de que usa tecnologia de reconhecimento facial que os marca automaticamente em fotografias.

(Reportagem de Carmel Crimmins)