A mais nova fronteira do Facebook: o carro

terça-feira, 10 de janeiro de 2012 10:24 BRST
 

Por Alexei Oreskovic

SAN FRANCISCO (Reuters) - Em restaurantes, nos cinemas e no escritório, verificar o Facebook se tornou um hábito regular para muitos dos mais de 800 milhões de usuários da rede social.

Agora, esse hábito cruzou nova fronteira: a do automóvel.

A Mercedes Benz USA vai oferecer acesso ao Facebook em seus veículos, com uma nova versão do serviço que é integrada a um novo sistema telemático de bordo que será apresentado na Consumer Electronics Show (CES), esta semana em Las Vegas.

Acessar o Facebook na estrada não será a mesma coisa que usar a rede social no computador ou celular inteligente. A versão do Facebook oferecida nos carros Mercedes da Daimler conta com conjunto reduzido de recursos, e foi criada especialmente para motoristas; o foco está na localização dos amigos do usuário e de empresas locais.

Mas de acordo com Dan Rose, vice-presidente de parcerias e plataformas do Facebook, a versão do serviço para a Mercedes reflete a expansão da rede social a um crescente número de ambientes nos quais haja telas e conexões com a Internet disponíveis.

"Agora os carros contam com telas inteligentes, e devemos esperar que mais e mais montadoras venham a desejar que essas telas sejam capazes de permitir conexão com amigos do usuário, para aproveitar o contexto social que surge com isso", afirmou Rose em entrevista.

"Uma das coisas mais importantes que as pessoas fazem nas telas de seus carros é a navegação via GPS; e acreditamos que a capacidade de verificar que amigos estão por perto será realmente interessante para as pessoas", disse.

Rose apontou para o fato de que o Facebook já vem sendo integrado a televisores, e que diversos fabricantes de televisores pretendem mostrar modelos com integração ao Facebook durante a CES.

A DirectTV mostrará um novo aplicativo de TV social com acesso ao Facebook. O sistema permitirá que as pessoas revelem aos seguidores o que estão assistindo, e que comentem o programa.

No entanto, diferentemente dos televisores, oferecer o Facebook em veículos acarreta preocupações cruciais de segurança, especialmente em um momento no qual os legisladores e defensores de maior segurança no trânsito estão dedicando cada vez mais atenção a fatores de distração de motoristas.