Samsung busca impulsionar vendas de câmeras híbridas

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012 18:48 BRST
 

Por Miyoung Kim

LAS VEGAS, 11 Jan (Reuters) - A Samsung pretende mais que quadruplicar suas vendas de câmeras pequenas com lentes intercambiáveis neste ano, buscando melhorar sua posição no mercado e competir com rivais japoneses mais fortes, em meio à estagnação do crescimento no segmento das câmeras compactas.

Um número crescente de fabricantes tem anunciado câmeras de lentes intercambiáveis com característica "mirrorless" -que possuem visualização eletrônica ao invés de espelhos- aumentando a competição em um mercado já saturado de competidores, como a Olympus, Sony e a Nikon, embora elas tenham tido graus variados de sucesso até agora.

Câmeras mirrorless trazem muitos dos benefícios dos dispositivos top de linha em câmeras de tamanho reduzido, fazendo um modelo híbrido entre compacta e reflex, que é um formato mais profissional ou amador avançado, com lentes intercambiáveis e espelhos para visualização do que é fotografado.

"Nós pretendemos lançar novas séries no primeiro semestre e aumentar agressivamente as vendas de câmeras mirrorless, com portfólios expandidos de maneira a incluir modelos mais baratos," disse à Reuters Han Myoung-sup, chefe das operações de câmeras digitais da Samsung, em entrevista.

Han disse que a Samsung espera vender 500 mil câmeras mirrorless neste ano, forte alta sobre as 120 mil vendidas no ano passado.

A japonesa Canon e a Nikon dominam o mercado de câmeras reflex usadas por fotógrafos profissionais e amadores.

Fabricantes de câmeras mirrorless miram agora consumidores que procuram produtos de posição mais elevada no mercado, mas que não querem carregar um modelo pesado de lentes intercambiáveis.

Eles também esperam vender acessórios lucrativos como lentes, enquanto o crescimento no mercado de câmeras compactas permanece estável, em parte por causa do crescimento de vendas de smartphones e tablets equipados com a função de câmera.

(Por Miyoung Kim)