TI vê melhora em demanda por chips, mas fechará duas fábricas

terça-feira, 24 de janeiro de 2012 08:42 BRST
 

(Reuters) - A Texas Instruments vendeu mais chips no quarto trimestre do que o esperado depois que uma série de indústrias repôs estoques esvaziados de semicondutores, informou a empresa no final da segunda-feira.

Os clientes da companhia, que vinham cortando os estoques de chips desde mais ou menos o meio do ano passado, aumentaram as encomendas no mês passado diante de uma demanda não tão baixa quanto temia.

"Acreditamos que nossos clientes chegaram a um ponto em que os números (dos estoques) estavam extremamente baixos", disse à Reuters o vice-presidente financeiro, Kevin March.

A Texas Instruments vai contratar mais funcionários em algumas fábricas neste trimestre para atender à crescente demanda, mas também planeja fechar uma unidade produtiva no Texas e outra no Japão nos próximos 18 meses, para cortar custos.

O lucro do quarto trimestre somou 298 milhões de dólares, ou 0,25 dólar por ação, menos que os 942 milhões de dólares, ou 0,78 dólar por ação, de um ano antes.

A receita caiu para 3,42 bilhões ante 3,53 bilhões de dólares, mas ficou acima das expectativas de Wall Street de 3,25 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A companhia havia alertado em 8 de dezembro que a demanda estava fraca e havia previsto lucro por ação de 0,21 a 0,25 dólar e receita de 3,19 bilhões a 3,33 bilhões de dólares. No entanto, as encomendas começaram a melhorar após o alerta, segundo o vice-presidente financeiro.

A companhia previu receita para o primeiro trimestre de 3,02 bilhões a 3,28 bilhões de dólares, muito menos que os 3,47 bilhões estimados por Wall Street, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.