Lucro da Nokia cai com lento avanço novos de aparelhos

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 15:13 BRST
 

HELSINQUE, 26 Jan (Reuters) - A Nokia registrou uma queda de 73 por cento nos lucros do quatro trimestre após as vendas de seus novos telefones com sistema operacional Windows não conseguiram ganhar espaço frente ao domínio do iPhone, da Apple, ou de compensar o declínio de seus smartphones mais antigos.

A maior fabricante de telefones celulares do mundo em volume revelou, no ano passado, uma ampla estratégia de mudança para o software da Microsoft em seus smartphones, em uma tentativa de desafiar a Apple e os aparelhos que utilizam o Android, do Google. Mas, mesmo assim, os aparelhos da Apple têm se provado bem mais populares.

A Apple informou, nesta semana, vendas de 37 milhões de iPhones no trimestre terminado em dezembro. Em comparação, a Nokia vendeu 1 milhão de unidades de seu modelo Lumia, com o sistema Windows, desde o lançamento em meados de novembro.

"É mais do que alguns esperavam, mas não vai preocupar a Apple ou o Google", disse o analista Nick Dillon, da empresa de pesquisas Ovum.

A Nokia disse esperar que um resultado estável em seu negócio de telefonia no primeiro trimestre, bem abaixo das previsões de analistas, com vendas caindo mais do que o comum em uma época geralmente fraca.

"A notícia ressalta que o começo da estratégia do Windows está lento, e temos poucos dados concretos para prever seu sucesso neste ponto", disse o analista Michael Schroder, da FIM Securities.

O lucro principal da Nokia foi de 0,06 euro por ação, comparado com uma expectativa de 0,04 euro, informou a companhia nesta quinta-feira.

Os resultados foram auxiliados por um pagamento de 250 milhões de dólares da Microsoft como parte do acordo de vendas do "Windows Phone".

As vendas de smartphones da empresa no último trimestre caíram 31 por cento ante um ano antes, para 19,6 milhões de unidades, volume próximo das estimativas.