Motorola, à espera da fusão com Google, tem prejuízo no 4o tri

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 07:53 BRST
 

(Reuters) - A Motorola Mobility teve prejuízo e fraca receita no quarto trimestre, resultado esse que pode ser o último antes da planejada fusão da empresa com o Google.

Alguns acionistas do Google se mostraram preocupados sobre a decisão da empresa de comprar a Motorola Mobility, que alertou em 6 de janeiro que a receita poderia cair e ficar abaixo da previsão de Wall Street por causa de questões legais e concorrência mais acirrada com empresas como a Apple.

As companhias ainda tentam a aprovação para o negócio que está sendo analisado por órgãos reguladores ao redor do mundo.

A Motorola Mobility teve um prejuízo líquido de 80 milhões de dólares, ou 0,27 dólar por ação, contra um lucro de 80 milhões de dólares, ou 0,27 dólar por ação, no mesmo trimestre do ano anterior.

A receita teve leve alta, para 3,436 bilhões de dólares ante 3,425 bilhões no quarto trimestre de 2010.

A receita com decodificadores de TV caiu 11 por cento na mesma base de comparação, para 879 milhões de dólares, e a de aparelhos móveis subiu 5 por cento, para 2,5 bilhões de dólares.

O Google chegou a um acordo em agosto para comprar a Motorola por 12,5 bilhões de dólares, ou 40 dólares por ação. A companhia de Internet está de olho no portfólio da Motorola para defender a si própria e outras fabricantes de celulares que usam Android na briga de patentes com concorrentes como Apple e Microsoft.

A Motorola Mobility espera que a fusão com Google saia no começo deste ano. As companhias estão à espera da aprovação em várias regiões, como Estados Unidos, China, Europa e Canadá.

Depois de perder terreno no mercado de celulares inteligentes por vários anos, a Motorola Mobility foi separada da Motorola Inc no ano passado, quando a companhia que inventou o celular, se dividiu em duas.