Apple contrata novo executivo para expandir segmento de varejo

terça-feira, 31 de janeiro de 2012 14:45 BRST
 

Por James Davey e Juhi Arora

LONDRES, 31 Jan (Reuters) - A Apple vai contratar John Browett, presidente-executivo da Dixons que fez uma recente reviravolta na varejista britânica de eletrônicos, para liderar o movimento de expansão da fabricante do iPad no varejo.

Browett, que liderou a Dixons desde 2007, foi também presidente-executivo do shopping online da Tesco.

Na Apple, Browett será responsável pela estratégia de varejo da companhia e a expansão de sua rede no mundo, atualmente em mais 300 lojas.

"Nossas lojas de varejo são baseadas em serviços ao consumidor, e John compartilha esse comprometimento como ninguém mais que encontramos", disse o presidente-executivo da Apple, Tim Cook, que será chefe imediato de Browett.

Browett entra no lugar de Ron Johnson, que deixou a Apple em junho do ano passado para assumir como presidente-executivo da rede J.C. Penney.

Sob a orientação de Johnson, a Apple abriu sua primeira loja de varejo -em McLean, Estado norte-americano da Virgínia- em maio de 2011. Agora, a empresa tem uma rede de mais de 300 lojas, que geraram uma receita média de 34,1 milhões de dólares cada no ano fiscal de 2010, e representaram 15 por cento das vendas líquidas da companhia.

Wall Street vê as lojas próprias da Apple como uma vantagem importante na concorrência com rivais como o Google e Amazon.com, assim como tradicionais fabricantes de computadores.

O sucesso da Apple no varejo deve continuar a crescer nos próximos trimestres à medida que os grandes números de consumidores continuam a adquIrir os populares dispositivos móveis da companhia, como iPhones e iPads.   Continuação...