Grupo procura salvar dados do servidor do Megaupload

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 19:39 BRST
 

Por Jeremy Pelofsky

Washington, 2 Fev (Reuters) - A Electronic Frontier Foundation pediu a promotores federais e a advogados do serviço de compartilhamento de dados Megaupload.com, nesta quinta-feira, que permitam a usuários que fizeram upload de arquivos ao site recuperá-los, com a condição de que os materiais não sejam protegidos por direitos autorais.

O grupo, que atua em favor de privacidade na Internet e direitos digitais, enviou uma carta em nome de um usuário pedindo "que todos os envolvidos trabalhem em conjunto para garantir a usuários inocentes o retorno de sua propriedade legal".

"Nós temos esperanças de que nosso cliente e de que terceiros poderão ter acesso a seu material sem ter que recorrer à ação legal, mas se esse não for o caso, daremos os passos necessários para garantir o retorno de seus dados", disse Cindy Cohn, diretora legal e conselheira-geral da EFF.

Uma cópia da carta foi enviada ao juiz responsável pelo caso, juiz Liam O'Grady, do estado de Virginia.

O Megaupload e seus executivos-sênior foram detidos no mês passado sob a acusação de que o site estava transmitindo música, filmes e séries de televisão protegidos por direitos autorais, e lucrando milhões de dólares em anúncios e taxas de assinatura.