Cisco cai enquanto recuperação frágil não impressiona

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 15:42 BRST
 

9 Fev (Reuters) - A ação da Cisco chegou a cair 3 por cento um dia após os resultados da fabricante de equipamento de redes, que apesar de superarem as expectativas do mercado não conseguiram impressionar.

Isso sugere que investidores podem ainda estar desconfiados em relação ao fato de a companhia ter obtido resultados tão rapidamente com os esforços de reestruturação realizados.

O papel teve uma valorização dramática depois de ter atingido quase a maior baixa em dois anos e meio no dia 9 de agosto. A ação da empresa, que é competidora da IBM e da Microsoft e de empresas menores como a Juniper Networks, subiu 54 por cento desde então, excluindo as baixas de hoje.

O mercado também ignorou um aumento dos dividendos, à medida que um possível aquecimento na atividade de fusões e aquisições levantava receio entre investidores sobre a recuperação e a posição da Cisco em relação à concorrência.

"O espectro de possíveis fusões e aquisições adiciona um elemento de risco às ações", disse o BMO Capital Markets em uma nota, adicionando que o crescimento da empresa ainda não impressiona.

Os comentários da Cisco sobre a fraqueza no sul da Europa e um negócio incerto no setor público da Índia também podem causar preocupação.

A empresa, antigamente uma das mais queridas de Wall Street, tem tido problemas com seu negócio, que atingiu uma magnitude grande e desajeitada demais ao longo dos anos e registrou previsões pessimistas e alertas de lucro em vários trimestres.

(Por Sayantani Ghosh em Bangalore)