Samsung considera opções para negócios com telas LCD

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 14:53 BRST
 

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics está estudando diversas opções para deixar mais competitiva a deficitária divisão de telas de cristal líquido (LCD), mas se negou a comentar a notícia de que estaria pensando em separar esse segmento do restante do grupo.

A potencial reestruturação vem à tona após a fabricante ter desfeito a parceria em LCD com a Sony e ver a demanda por telas planas cair por causa da crescente concorrência com as companhias chinesas e da queda mundial nas vendas de televisores.

As principais produtoras -da Samsung à LG Display- estão adotando um novo tipo de tela plana, OLED, apostando que essa nova tecnologia substituirá o LCD em grandes telas, como as de televisores. Atualmente, telas OLED são usadas mais em celulares inteligentes de última geração.

A companhia sul-coreana disse há poucos dias que pode incorporar totalmente a unidade não listada de telas OLED, a Samsung Mobile Display.

Alguns analistas acreditam que a Samsung pode fundir os negócios com telas OLED, mais rentáveis, com os de LCD e transferir parte da capacidade de produção de telas de cristal líquido para OLED.

"Estamos internamente analisando várias opções, mas não decidimos nada ainda", declarou o porta-voz James Chung.

O jornal Chosun Ilbo noticiou nesta terça-feira, sem citar fontes, que a Samsung estava considerando separar do grupo a área de telas LCD, que teve um prejuízo líquido de 1 trilhão de wons (891 milhões de dólares) em 2011.

(Por Miyoung Kim)