Philips investiga possível ataque hacker

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 15:05 BRST
 

AMSTERDÃ (Reuters) - A Philips afirmou nesta terça-feira que desligou um de seus servidores na segunda-feira por causa de uma possível invasão e que estava investigando a natureza e a extensão da informação que teria sido acessada.

O porta-voz da Philips, Steve Klink, não pôde confirmar se qualquer informação pessoal de clientes ou dados sensíveis da companhia foram colocados em risco.

"Não é prudente fazer qualquer comentário até que nós cheguemos ao fundo deste assunto e completemos a investigação", disse Klink.

O grupo holandês de bens de consumo, iluminação e de produtos de saúde divulgou um curto comunicado em sua página na Internet, afirmando que alguns de seus sites usados para marketing teriam sido atacados na segunda-feira.

A Philips disse que uma hora depois de ter ciência do evento, o servidor comprometido foi desligado.