Apple intensifica discussão sobre uso de caixa

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 10:36 BRST
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O conselho de administração da Apple está discutindo de maneira muito ativa sobre o que fazer com as reservas de caixa da empresa, declarou o presidente-executivo, Tim Cook, na terça-feira, respondendo a apelos para que a empresa coloque suas reservas para trabalhar.

Cook, em uma rara discussão com investidores, falou também sobre uma oportunidade "espantosa" nos celulares inteligentes. Declarou que a trajetória do iPad era "altamente positiva", e previu que no futuro os tablets superarão os computadores pessoais em volume de vendas, erodindo o domínio do sistema operacional Windows, da Microsoft.

Ele reconheceu, porém, que a Amazon.com, com seu tablet Kindle Fire, se tornou um concorrente sério.

As ações da Apple subiram e fecharam cotadas a 509,46 dólares na Nasdaq na terça-feira, batendo um recorde de alta, devido à esperança de forte demanda pelo iPhone 4S e ao otimismo dos investidores quanto ao lançamento de um novo iPad em 2012.

Os investidores vêm apelando cada vez mais vigorosamente para que a Apple restitua parte de suas reservas de caixa de 98 bilhões de dólares aos acionistas, em forma de dividendo ou recompra de ações, mesmo que em caráter extraordinário.

Na terça-feira, Cook, pediu aos investidores presentes a uma conferência de tecnologia do Goldman Sachs que tenham paciência sobre as reservas de caixa da companhia.

"Peço apenas um pouco de paciência para que possamos agir com reflexão e levando em conta os melhores interesses dos acionistas", disse Cook, brincando ao afirmar que a Apple não gastará o dinheiro em festas.

"Não é novidade que estamos discutindo o assunto. Ele está sendo discutido de forma mais intensa e mais detalhada", acrescentou.

Cook alimentou as especulações de que a Apple possa estar pensando seriamente em televisão, mas alertou os investidores de que o potencial de mercado nesse segmento é pequeno, se comparado a tablets e celulares inteligentes.   Continuação...