No Brasil, Google facilita ascensão do Facebook à liderança

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 15:32 BRST
 

Por Asher Levine

SÃO PAULO, 15 Fev (Reuters) - A popularidade do Facebook no Brasil disparou ao longo dos últimos 12 meses, e a companhia deve esse avanço ao seu maior concorrente.

Na documentação que apresentou recentemente para sua Oferta Pública Inicial (IPO, em inglês), o Facebook informou que seu número de usuários ativos no Brasil havia praticamente triplicado em 2011, o que por fim o levou a superar o serviço de redes sociais Orkut, do Google, e fez dele o líder do segmento no país.

"Não consigo lembrar de outro exemplo de crescimento tão rápido para o Facebook", disse o vice-presidente de análise setorial no grupo de pesquisa comScore, Andrew Lipsman. "Foi uma verdadeira decolagem".

No Brasil, o país de origem do co-fundador da rede social Eduardo Saverin, o Facebook encontrou um mercado pronto para o crescimento, com rápida expansão no acesso à Internet, aumento no número de computadores e demanda ávida por mídia social.

Boa parte do crédito por isso cabe ao Google, segundo analistas. Embora o crescimento da economia e o crédito mais fácil é que tenham permitido aos brasileiros adquirir computadores e conexões de banda larga, o Orkut, do Google, é que os motivou a fazê-lo.

"Até que o Orkut surgisse, em 2004, o uso da Internet no Brasil estava estagnado", disse o analista José Calazans, do grupo de pesquisa de mercado Ibope Nielsen, em São Paulo. "Quando as pessoas começaram a comprar computadores e a visitar cibercafés, era especificamente para acessar o Orkut. Agora, muitas dessas pessoas se transferiram ao Facebook."

O Orkut deu aos brasileiros seu primeiro gostinho de mídia social, com uma interface simples e a opção de acesso em português que o tornava mais fácil de usar do que sites concorrentes, como o Friendster e o MySpace. Em uma cultura altamente social, como a do Brasil, onde até mesmo reuniões de negócios terminam em abraços, o site se tornou fenômeno nacional.

"Todo mundo estava no Orkut", recorda a professora Raquel Recuero, da Universidade Católica de Pelotas, e especialista em mídias sociais. "Os usuários adicionavam pessoas que nem conheciam, e as pessoas concorriam para ter as maiores listas de amigos."   Continuação...

 
Foto ilustrativa mostra a tela inicial do website Facebook. A popularidade do Facebook no Brasil disparou ao longo dos últimos 12 meses, e a companhia deve esse avanço ao seu maior concorrente, o Google. Foto de arquivo. 02/02/2012   REUTERS/Michael Dalder