Zynga emite alerta sobre queda de demanda; ações caem

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 16:11 BRST
 

As ações da Zynga caíram 16 por cento nesta quarta-feira, com elevado volume de negócios, após a companhia de jogos de redes sociais alertar para a redução no ritmo da demanda, indicando que jogadores estão gastando menos do que o esperado.

Um fraco quarto trimestre -o primeiro da Zynga como empresa de capital aberto- e expectativas de contínua desaceleração na demanda neste primeiro semestre, pode chacoalhar as previsões otimistas da indústria que guiaram a valorização da companhia.

Para 2012, a Zynga projetou demanda entre 1,35 bilhão de dólares e 1,45 bilhão de dólares -um crescimento de 16 a 25 por cento ano a ano.

A Zynga usa a demanda como métrica para medir o caixa que obtém mais à frente quando pessoas gastam com itens virtuais em seus jogos, como créditos de pôquer.

Pelo menos três corretoras rebaixaram a ação.

A criadora dos jogos populares Farmville e Cityville não divulga o número de seus pagantes no Facebook, tornando mais difícil aferir qualquer tendência possível de desaceleração.

Investidores estão olhando de perto como a Zynga - que arrecada quase toda a receita por meio do Facebook, conforme informou por ocasião de seu IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações), no ano passado- vai diversificar e fazer dinheiro com jogos para smartphones e tablets.

(Por Sayantani Ghosh em Bangalore)