Samsung remodela área de produção de TVs

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012 14:46 BRST
 

SEUL, 20 Fev (Reuters) - A sul-coreana Samsung, a maior fabricante de televisores do mundo, está mudando seu foco relacionado à nova geração de tecnologia de telas OLED, e informou que vai transformar seu negócio de fabricação de telas planas de cristal líquido (LCD) em uma subsidiária.

As perspectivas para TVs de telas de cristal líquido diminuíram quando compradores em mercados desenvolvidos têm trocado suas volumosas TVs de tubo por telas planas, e a competição foi intensificada pelos fabricantes chineses de baixo custo.

Vendas anuais globais de TVs de LCD vão contrair em 8 por cento, para 92 bilhões de dólares, até 2015, segundo previsão da DisplaySearch, empresa de pesquisa da indústria. Ao mesmo tempo, o mercado de telas de OLED pode chegar a 20 bilhões de dólares até 2018, o que corresponde a 16 por cento do total do segmento, acima dos atuais 4 por cento.

A japonesa Sony aceitou sair de sua joint-venture de LCD com a Samsung em dezembro, enquanto a Sharp informou que poderia dividir sua produção de LCD entre janeiro e março em uma planta no oeste do Japão.

A divisão de LCD da Samsung registrou um prejuízo operacional de 750 bilhões de wons (666 milhões de dólares) no ano passado.

(Por Miyoung Kim e Hyunjoo Jin)