Ataques a GPS podem causar desastres marítimos e caos em negócio

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012 16:18 BRST
 

LONDRES, 22 Fev (Reuters) - Sistemas de navegação por satélite estão ameaçados por criminosos, terroristas e até mesmo adolescentes entediados, com o potencial de causar grandes incidentes que vão de desastres marítimos a caos em mercados financeiros, disseram especialistas nesta quarta-feira.

Dos mapas em painéis de carros e celulares a pedágios, aviação e sistemas de navegação marítima e até negociações financeiras, uma boa parte da vida moderna depende de Sistemas de Navegação Global por Satélite (GNSS, na sigla em inglês) que fazem uso de sinais de satélite para encontrar uma localização ou marcar o tempo de maneira precisa.

O conhecido Sistema de Posicionamento Global (GPS, na sigla em inglês) montado pelo governo dos Estados Unidos, e o GLONASS, um sistema russo semelhante, foram ambos construídos para fins militares mas agora estão disponíveis a qualquer um com um aparelho capaz de receber seu sinal. A União Europeia, a China e a Índia estão montando sistemas semelhantes.

Especialistas se preocupam com os danos que poderiam ser causados por interferências ilegais em sinais de GNSS, disse Bob Cockshott, um diretor na empresa britânica ICT Knowledge Transfer Network -uma iniciativa financiada pela empresa de inovação nacional do Reino Unido- que realizará uma conferência em Londres na quarta-feira.

O problema foi demonstrado em 2009 quando sistemas de navegação do aeroporto de Newark nos Estados Unidos começaram a sofrer panes diárias causadas por um motorista de caminhão com um aparelho barato de interferência em seu veículo que transitava por uma estrada nos arredores do aeroporto.

"Nós saímos de uma situação que poderia ser, potencialmente, uma ameaça, para um problema real com o qual devemos lidar agora", disse Cockshott.

A posse de softwares de interferência, que estão amplamente disponíveis na internet, não é ilegal, mas seu uso é.

(Por Michael Holden)