Nokia Siemens corta 3.500 empregos com fim de acordo na A.Latina

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 08:06 BRT
 

BARCELONA, 29 Fev (Reuters) - A Nokia Siemens Networks cortou 3.500 empregos ao encerrar um grande contrato de serviços na América Latina, parte da estratégia da empresa de equipamentos de telecomunicações de abandonar operações não essenciais, disse o presidente-executivo da companhia à Reuters.

Rajeev Suri, presidente-executivo da Nokia Siemens, disse que o contrato envolvia principalmente instalações e suporte de baixo custo, e que seu término não resultaria em custos para a companhia.

"Foi mutuamente acordado e o contrato foi devolvido ao cliente", disse Suri em entrevista.

O mais recente movimento da companhia ocorre após o anúncio de corte de 17 mil empregos em novembro.

(Por Tarmo Virki)