Microsoft lança Windows 8 para teste público

quinta-feira, 1 de março de 2012 12:30 BRT
 

Por Georgina Prodhan e Bill Rigby

BARCELONA/SEATTLE (Reuters) - A Microsoft lançou uma versão incompleta do Windows 8 para download e teste pelo público na quarta-feira, tentando despertar entusiasmo pelo novo e enxuto sistema operacional que espera ser capaz de restaurar a supremacia que a companhia um dia desfrutou no setor tecnológico.

O Windows 8 é o primeiro sistema operacional da Microsoft compatível com os microprocessadores de baixo consumo de energia projetados pela ARM Holdings, e poderá ser usado em tablets, além de computadores de mesa e laptops, em um esforço para combater o imenso sucesso do Apple iPad.

"É um Windows ainda melhor que o Windows 7", disse Steven Sinofsky, encarregado da divisão Windows da Microsoft, ao demonstrar o novo sistema operacional durante o Mobile World Congress, em Barcelona.

O Windows 7, o sistema operacional anterior da Microsoft, registrou as vendas mais rápidas na história da empresa, com 525 milhões de cópias em três anos. Mas a Microsoft se viu excluída da corrida para a computação móvel, ultrapassada por Apple, Google e Amazon.com.

"É incrivelmente rápido e fluido navegar apenas com a interface de usuário", disse Sinofsky mostrando o Windows 8 em um tablet e em um laptop ultrafino no evento em Barcelona.

Qualquer pessoa pode baixar a nova versão do Windows, mas ele só funcionará em computadores e laptops equipados com chips da linhagem Intel x86. Os consumidores terão de aguardar mais para testar o sistema em tablets equipados com chips ARM.

O sistema operacional pode ser baixado em preview.windows.com. Sinofsky disse que pessoas de 70 países já haviam baixado o software na manhã de quarta-feira, mas não ofereceu números exatos.

A Microsoft diz que planeja colocar o sistema no mercado ao mesmo tempo em máquinas da plataforma Intel e da plataforma ARM, mas não definiu uma data para isso. A maior produtora mundial de software costuma lançar uma nova versão do Windows a cada três anos, o que indica lançamento da versão completa em outubro deste ano, em tempo para a temporada de festas de fim de ano.