AMD vende participação na GlobalFoundries

segunda-feira, 5 de março de 2012 15:23 BRT
 

5 Mar (Reuters) - A AMD vendeu a participação acionária que detinha na GlobalFoundries, três anos depois de promover a cisão da companhia que fabrica a maior parte de seus chips. A empresa quer formar parcerias com outros fabricantes de chips.

A AMD continuará a utilizar a GlobalFoundries como fabricante terceirizada de chips, mas a companhia, controlada por um grupo de Abu Dhabi, não terá mais direitos exclusivos de produzir certos chips para a antiga controladora.

A AMD promoveu a cisão da GlobalFoundries, em uma parceria com a Advanced Technology Investment Company (ATIC), controlada pelo governo de Abu Dhabi, em 2009, a fim de reduzir seus custos industriais.

Mas um contrato desfavorável de suprimento e questões de produção que a GlobalFoundries enfrentou no ano passado amarguraram o relacionamento entre as duas partes.

No domingo, a ATIC, controlada pelo fundo de investimento Mubadala, de Abu Dhabi, anunciou a compra dos nove por cento de ações que a AMD ainda detinha na GlobalFoundries.

"A participação da AMD vinha diminuindo, à medida que os controladores da GlobalFoundries em Abu Dhabi injetavam capital novo na companhia sem que a AMD os acompanhasse. A transação acelera a redução a zero da posição da AMD", escreveu a analista Anne Feeney, da Longbow, em relatório.

Como parte do acordo, a AMD fará um pagamento de 425 milhões de dólares à GlobalFoundries para cancelar o contrato de exclusividade, e por isso realizará provisão de 703 milhões de dólares no primeiro trimestre.

"O restante da provisão extraordinária é para despesas de 278 milhões de dólares relacionadas à transferência de propriedade acionária da AMD à GlobalFoundries", informou a empresa em teleconferência com analistas.

A GlobalFoundries vinha enfrentando dificuldades para introduzir suas linhas de produção de chips de 28 nanômetros, no ano passado, o que levou a AMD a recorrer à rival TSMC para a fabricação de seus chips.

(Por Himank Sharma e Sruthi Ramakrishnan em Bangalore e StanleyCarvalho em Abu Dhabi)