TVs de plasma deverão incorporar aplicações interativas

terça-feira, 13 de março de 2012 10:48 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 13 Mar (Reuters) - Os aparelhos de televisão com tela de plasma fabricados na zona franca de Manaus deverão incorporar a capacidade de executar aplicações interativas nos próximos anos, de acordo com novo artigo de portaria interministerial publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira.

As TVs interativas permitem trocas de informações com usuários, como a utilização de comandos de voz e serviços de Internet no aparelho.

O recurso deverá vir instalado, pré-configurado e habilitado de fábrica, segundo o DOU.

Até 30 de junho deste ano, as produtoras estão dispensadas de acrescentar estas aplicações, enquanto de 1o de julho a 31 de dezembro sua inclusão é opcional.

No ano que vem, 75 por cento dos televisores devem ter estas aplicações, número que passa para 90 por cento a partir do começo de 2014.

"Todos os modelos de televisores que disponibilizarem suporte à conectividade IP (protocolo de Internet) e que implementem o middleware (camadas de software) interativo deverão garantir o acesso das aplicações interativas aos canais de comunicação", segundo o texto de portaria que envolve os ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e da Ciência, Tecnologia e Inovação.

A partir do período definido, a obrigação se aplica à totalidade das TVs que disponibilizem suporte à conectividade IP.

(Texto de Sérgio Spagnuolo)