'PIB' da Internet deve alcançar US$4,2 tri até 2016 -BCG

segunda-feira, 19 de março de 2012 16:28 BRT
 

A atividade econômica da internet dos países que fazem parte do G20, grupo das 20 maiores economias do mundo, crescerá mais de 10 por cento ao ano pelos próximos quatro anos, ultrapassando o tamanho do PIB alemão, para 4,2 trilhões de dólares em 2016, disse a consultoria Boston Consulting Group (BCG).

Com a proliferação dos smartphones com Internet, a expectativa é de que devem adicionar um total de 3 bilhões de pessoas à rede mundial de computadores até 2016. Serviços online de varejo, bancos, publicidade, serviços de TI e demanda por bens relacionados com a Internet irão prosperar, disse o BCG nesta segunda-feira.

A economia da Internet dos países do G20 vai praticamente dobrar entre 2010 e 2016, criando 32 milhões de postos de trabalho, de acordo com o relatório do BCG.

"Caso fosse uma economia nacional, iria estar entre as cinco maiores do mundo, atrás somente dos Estados Unidos, China, Índia e Japão e à frente da Alemanha", disse David Dean, sócio sênior do BCG e coautor do relatório.

Em mercados desenvolvidos, a economia da Internet crescerá cerca de 8 por cento ao ano, enquanto em mercados em desenvolvimento vai crescer duas vezes mais rápido, de acordo com o BCG.

Ao todo, o Produto Interno Bruto (PIB) dos países que fazem parte do G20 cresceu 2,8 por cento no ano passado, de acordo com a Organização para o Desenvolvimento e Cooperação Econômica, e é esperada uma desaceleração este ano.

(Por Georgina Prodhan)