Ausência de criador do Facebook preocupa Wall Street

quarta-feira, 28 de março de 2012 10:58 BRT
 

Por Alistair Barr e Alexei Oreskovic

SAN FRANCISCO, 28 Mar (Reuters) - Mark Zuckerberg quer pelo menos 5 bilhões de dólares de investidores de Wall Street, mas esses investidores não terão muito tempo com ele em troca disso.

O co-fundador e presidente-executivo da empresa deixou a situação clara ao faltar ao primeiro grande briefing do Facebook para analistas e executivos financeiros, na semana passada. A reunião foi a primeira de muitas que acontecerão no período preparatório de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inlgês) que deve avaliar a empresa em perto de 100 bilhões de dólares.

O desinteresse de Zuckerberg não é raro entre a elite das companhias do Vale do Silício, mas pode se tornar problema junto aos investidores devido ao imenso controle que ele exerce sobre o Facebook por meio de ações especiais.

"Não achamos que ele deva se esconder dos investidores", disse Carin Zelenko, diretora do departamento de estratégias de capital do International Brotherhood of Teamsters, sindicato cujos fundos de pensão e benefícios têm mais de 100 bilhões de dólares investidos nos mercados de capital.

"Ele quer que os investidores lhe confiem seu dinheiro, e que confiem nele, pessoalmente, como o homem que criou a empresa e vai liderá-la e controlá-la. Por isso, deveria prestar contas às pessoas que estão investindo", acrescentou.

De acordo com Zelenko, o sindicato enviará uma carta aos administradores dos diversos fundos do Teamster acautelando-os quanto ao risco em longo prazo de investir no Facebook, em função da estrutura de governança corporativa "antinvestidor" que a companhia adotou.

Duas pessoas que participaram da reunião do Facebook em 19 de março comentaram a ausência do jovem presidente e disseram que a expectativa era a de que ele, no mínimo, marcasse presença no evento.

Um analista perguntou se Zuckerberg estaria mais envolvido no futuro. A resposta da empresa foi a de que a expectativa quanto a isso deveria ser baixa, de acordo com uma fonte que participou da reunião.   Continuação...

 
Foto ilustrativa mostra logo do website Facebook em Munique. Mark Zuckerberg quer pelo menos 5 bilhões de dólares de investidores de Wall Street, mas esses investidores não terão muito tempo com ele em troca disso. Foto de arquivo. 02/02/2012    REUTERS/Michael Dalder