iPad lidera lista da Consumer Reports apesar de aquecimento

segunda-feira, 2 de abril de 2012 12:11 BRT
 

O novo Apple iPad encabeça a lista de tablets da revista Consumer Reports, apesar de a influente publicação ter afirmado duas semanas atrás que a mais recente versão do tablet mais vendido esquentava demais quando usada intensamente.

A publicação avalia todo tipo de produto, de eletrônicos a automóveis, e é acompanhada atentamente. Na segunda-feira, a Consumer afirmou que não considerava que a temperatura mais alta de funcionamento do produto fosse causa de preocupação.

A organização sem fins lucrativos também testou o iPad quanto às preocupações sobre um mau desempenho na recarga de bateria se o usuário estiver jogando um videogame complexo.

"O problema se limita às ocasiões em que o aparelho está sendo usado para um jogo pesado e com a tela plenamente iluminada", afirmou o relatório.

A Consumer Reporters havia constatado anteriormente que o novo iPad atingias temperaturas de 47 graus depois de 45 minutos de uso em jogos intensos. Isso significa que o novo modelo fica 13 graus mais quente que o precedente, sob condições semelhantes.

A terceira geração do iPad estreou com força, vendendo mais de três milhões de unidades depois de chegar às lojas no mês passado.

A Consumer Reports gerou manchetes em 2010 ao afirmar que não recomendaria o iPhone 4 aos compradores devido a problemas de recepção.

Steve Jobs, então presidente-executivo da Apple, convocou uma entrevista coletiva para tratar as questões apontadas pela publicação e determinou que os compradores do modelo recebessem gratuitamente capas protetoras metálicas, que segundo a revista resolviam o problema de recepção.

As resenhas sobre o novo iPad foram em geral positivas. A mais recente versão da Apple não representa reformulação completa do iPad 2, mas oferece tecnologia 4G, mais rápida, e uma tela mais nítida.   Continuação...