Apps tornam-se vitais para anúncios em celulares--relatório

sexta-feira, 20 de abril de 2012 19:16 BRT
 

Por Georgina Prodhan

LONDRES, 20 Abr (Reuters) - Anúncios em aplicativos para smartphones, como o conhecido jogo Angry Birds, estão se transformando em um importante motor para o negócio de propagandas em celulares, enquanto apps se tornam o principal método de distribuição de mídia em celulares, de acordo com um relatório.

Gastos em aplicativos por anunciantes nos Estados Unidos e na Europa Ocidental, onde há alta concentração de smartphones nas mãos de consumidores de alta renda, devem superar os gastos em anúncios em display em sites para celulares neste ano, disse a agência de pesquisa de mercado Strategy Analytics.

A economia baseada em aplicativos, muitos dos quais são gratuitos, levou certo tempo para se estabilizar desde que a Apple lançou a App Store para o iPhone em 2007. O Google também tem uma loja de aplicativos de sucesso para seus celulares Android.

A princípio, parecia que muitas desenvolvedoras teriam dificuldade em lucrar a partir de seus pequenos programas de software, que foram criados com funções tão variadas quanto identificar músicas, checar o clima e jogos.

Mas anunciantes estão cada vez mais utilizando-os para alcançar seus consumidores. A Strategy Analytics estima que anunciantes gastarão 2,9 bilhões de dólares em anúncios em aplicativos neste ano, enquanto consumidores gastarão 26,1 bilhões de dólares na compra de aplicativos.

O número de aplicativos baixados anualmente deve crescer 38 por cento para mais de 32 bilhões neste ano.