Receita da Apple salta, supera previsões do mercado

terça-feira, 24 de abril de 2012 19:00 BRT
 

SAN FRANCISCO, 24 Abr (Reuters) - A Apple informou nesta terça-feira que registrou receita trimestral que superou com facilidade as estimativas do mercado, impulsionada por forte demanda por seus iPhones e iPads.

O gigante de tecnologia disse que sua receita no segundo trimestre fiscal subiu 59 por cento para 39,2 bilhões de dólares, mais do que a estimativa média de analistas, que previam 36,8 bilhões de dólares, de acordo com dados do Thomson Reuters I/B/E/S.

A ação da empresa continuou seu rali após a Apple revelar que 35,1 milhões de iPhones -seu principal produto- foram comprados no trimestre terminado em março, superando os 30 milhões esperados por analistas.

A Apple vendeu 11,8 milhões de iPads. A última versão do produto chegou às lojas em meados de março.

Os fortes resultados surgem em meio a uma queda de 13 por cento do papel da companhia -uma manobra inesperada- nas últimas duas semanas em negociações de alta volatilidade. As ações há muito eram consideradas essenciais para portfólios de ações dos Estados Unidos.

"Quando há um forte rali em uma ação, ele parece desaparecer apenas pela incerteza. Acho que os investidores 'do contra' logo desaparecerão", disse Michael Yoshikami, presidente-executivo do YCMNet Advisors.

As margens no segundo trimestre foram de 47,4 por cento, acima da previsão média do mercado de 42,8 por cento.

O lucro líquido subiu para 11,6 bilhões de dólares, ou 12,30 dólares por ação, ante 6 bilhões de dólares, ou 6,40 dólares por ação, no mesmo período no ano anterior. Este valor também superou a meta do mercado, de 10,04 dólares por ação.

A ação da Apple subiu mais de 5 por cento para 590 dólares, após fechar a 560,28 dólares no Nasdaq.

(Por Poornima Gupta)