Depois da Apple, Amazon também pode passar por altos e baixos

quinta-feira, 26 de abril de 2012 16:20 BRT
 

Por Angela Moon e Doris Frankel

NOVA YORK, 26 Abr (Reuters) - Os analistas podem estar otimistas quanto às perspectivas de crescimento da Amazon, mas dados os resultados espetaculares anunciados pela Apple esta semana e a avaliação das ações da Amazon, alguns operadores estão começando a tomar precauções.

O mercado de opções está prevendo que as ações da Amazon.com registrem alta ou queda de até sete por cento quando a maior companhia mundial de varejo online reportar seu resultado trimestral, depois do fechamento dos pregões na quinta-feira, e a expectativa de um declínio parece ser ligeiramente maior.

Wall Street espera que a Amazon obtenha lucro de 7 centavos de dólar por ação, e receita de 12,86 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S, mas alguns operadores acreditam que o desempenho da Apple tenha gerado expectativas irrealistas.

As ações da fabricante do iPad e gigante da tecnologia subiram em cerca de 9 por cento na quarta-feira, depois que a companhia anunciou que seu lucro havia crescido em 94 por cento no primeiro trimestre, para 11,6 bilhões de dólares ou 12,30 dólares por ação.

"As expectativas quanto à Amazon podem ter avançado demais com base nos resultados da Apple", disse JJ Kinahan, principal estrategista de derivativos da TD Ameritrade.

"Uma estatística a ter em mente é a de que as ações da Amazon subiram em mais de 10,5 por cento desde que a empresa divulgou suas mais recentes projeções de lucro, no final de janeiro", disse. “"Por isso, terão de superar a expectativa de um lucro de 7 centavos de dólar por ação se desejarem alta significativa".

Pela metade do dia na quinta-feira, a atividade no mercado de opções de venda, utilizadas como defesa contra uma queda nos preços das ações, era mais intensa que no mercado de opções de compra, especialmente para as opções semanais que vencem na sexta-feira posterior ao anúncio de resultados.

As opções de venda mais negociadas eram as semanais de 170, 180 e 190 dólares, de acordo com Joe Bell, estrategista de ações na Schaeffer's Investment Research, uma companhia de pesquisa de opções de Cincinnati.