Apple e Google podem se tornar componentes do Dow Jones

segunda-feira, 30 de abril de 2012 17:02 BRT
 

30 Abr (Reuters) - O índice acionário Dow Jones deve sofrer uma revisão, e novos gigantes do setor tecnológico, como a Apple e o Google, têm bons argumentos para se juntar às trinta empresas de elite incluídas no termômetro, substituindo adeptos do mercado de outrora, como a Alcoa, disse a revista de negócios Barron's no domingo.

A publicação semanal disse que não há cronograma para a reformulação do Dow, mas que uma ou duas novas empresas podem ser adicionadas ao índice no ano que vem.

Os três papéis com mais chances de serem substituídos são os da produtora de alumínio Alcoa, do Bank of America e da HP, disse a última edição da Barron's.

"Os elaboradores do Dow precisam garantir que esse termômetro, criado no século 19, continue relevante para o mercado do século 21", disse.

Mas incluir a Apple, a empresa mais valiosa do mundo, com valor de mercado de cerca de 563 bilhões de dólares, ou o Google, seria difícil, afirmou a revista, por conta do método utilizado no cálculo do índice. Ao contrário do Standard & Poor's 500 e de outros índices importantes, os pesos das ações do Dow se baseiam em seu valor absoluto.

A Apple, cujo papel fechou o pregão de sexta-feira a 603 dólares, soterraria o índice com um peso de 26 por cento. É o dobro da influência da IBM, hoje componente do Dow, que por conta do preço de 207 dólares de sua ação tem peso de 12 por cento no cálculo do índice, disse a Barron's.

A revista disse que a forte influência que a Apple teria sobre o índice a seu preço atual pode representar uma barreira para que a empresa se torne um componente do Dow. Para garantir sua inclusão no termômetro, disse a Barron's, a companhia teria de desdobrar suas ações à razão de cinco para uma ou dez para uma. Mas a revista destacou que a Apple não desdobrou suas ações desde 2005.

Caso a Apple não desdobre seu papel, ela terá dificuldades para ser incluída no Dow, já que componentes de alto preço, como a IBM, têm um impacto crescente sobre o índice, enquanto papéis de preço menor, como o da Alcoa, Bank of America e General Electric, são marginalizados.

(Por Steve James)